↑ Voltar para Quem somos

Imprimir Página

Srila Gurudeva

No dia 16 de fevereiro de 1921, o dia da lua nova de mês de Magha, Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja fez seu aparecimento divino nascendo numa família de brahmanas respeitados na vila de Tiwaripura, distrito de Buxar, no Bihar, Índia. Ele recebeu o nome de Sriman Narayana. Seus pais eram devotos Vaisnavas da Sri sampradaya e, desde que era bebê, Sriman Narayana era regularmente levado por seu pai para as récitas do Ramayana, as quais ele passou amar.

Srila Param-gurudeva e Srila Gurudeva

Srila Gurudeva junto ao seu mestre espiritual, Srila Bhakti Prajñana Kesava Gosvami Maharaja

Em fevereiro de 1946, ele conheceu seu gurudeva, Sri Srimad Bhakti Prajñana Kesava Gosvami Maharaja, e a sua vida de dedicação completa e exemplar ao caminho de krsna-bhakti teve início. Ao aceitar as iniciações harinama e diksa de seu gurudeva, ele recebeu o nome Sri Gaura Narayana. Ele acompanhou seu gurudeva eu suas extensas turnês de pregação por toda a Índia, prestando-lhe serviço pessoal e também o auxiliando na pregação. Dentre os seus sevas, estava incluindo hospedar os milhares de peregrinos que participavam anualmente do Navadvipa-dhama parikrama e do Vraja-mandala Parikra, os quais, anos mais tarde, atrairiam milhares de devotos do mundo inteiro.

Sri Gaura Narayana era reconhecido por seu trato respeitoso e afetuoso com todos os Vaisnavas, e, em especial, com seus irmãos espirituais: Sri Sajjana-sevaka Brahmacari e Sri Radhanatha dasa[1]. Estes três Vaisnavas resolutos do mais alto nível assumiram a responsabilidade pela missão de seu gurudeva em um sentimento de harmonia e cooperação que perduraria por todas as suas vidas.  Em 1952, estes três Vaisnavas poderosos aceitaram sannyasa e Sri Gaura Narayana se tornou Sri Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja. Nos primórdios de sua vida na matha, ele conheceu Sri Srimad bhaktivedanta Svami Maharaja, o famoso pregador mundial do Gaudiya Vaisnavismo. No futuro, ele iria prestar um serviço superlativo a Sri Srimad Bhaktivedanta Svami Maharaja ao nutrir as tenras sementes de bhakti nos corações de muitos de seus discípulos e seguidores queridos ao redor do mundo.

Srila Gurudeva e devotos

 Em 1954, Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana gosvami Maharaja tornou-se responsável pela Sri Kesavaji Gaudiya Matha em Mathura. Sob sua orientação, a matha floresceu enquanto os residentes de Vraja vinham experimentar os cuidados perfeitos daquele que é verdadeiramente um habitante de Vraja. Seu gurudeva o instruíra a traduzir os escritos dos Gaudiya Vaisnavas proeminente para o Hindi, uma tarefa a qual ele assumiu com assiduidade por toda a sua vida e que resultou na publicação de cerca de cinqüenta textos em híndi. Estas obras de valor inestimável estão atualmente sendo traduzidas para as línguas mais importantes do mundo.


Srila Gurudeva

Srila Gurudeva viajou toda a Índia pregando a missão de seu mestre espiritual

Uma vez que seu coração estava repleto das realizações mais profundas acerca dos passatempos de Radha e Krsna, o que automaticamente também incluía todo o tattva-siddhanta, ele estava radiante com a afeição mais profunda. Aqueles que ouviam o seu hari-katha sentiam uma suprema proteção das investidas das misérias materiais e experimentavam um comprometimento profundo com o caminho de bhakti. Quando ele pronunciava o maha-mantra Hare Krsna no momento da iniciação, ele propiciava o mesmo efeito. Ele era famoso por toda Vraja-mandala e também no mundo inteiro por sua capacidade de transformar os corações das pessoas desta maneira.

Srila Gurudeva e Srila Bhaktivedanta Trivikrama Gosvami Maharaja

Srila Gurudeva e Srila Bhaktivedanta Trivikrama Gosvami Maharaja

Por muitos anos ele viajou por toda a Índia para disseminar a mensagem do Gaudiya Vaisnavismo. No meio da década de 1980, os primeiros devotos ocidentais vieram para receber a sua orientação e em 1996, atendendo a repetidos pedidos, ele viajou à Europa e América. Nos quatorze anos seguintes, ele deu a volta ao mundo mais de 30 vezes. Quer ele estivesse na Índia ou em outros países, sua pregação era sempre marcada pela característica distintiva de corajosamente desmascarar qualquer falsa concepção que obscurecesse os propósitos específicos do advento de Sriman Mahaprabhu, em estrita aderência ao desejo de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada e em perfeita congruência com as concepções de Srila Rupa Gosvami. Deste modo, ao sustentar os princípios gloriosos da sampradaya, ele cumpriu a função de um verdadeiro acarya.

Srila Gurudeva em sua primeira turnê mundial em 1996

 Uma marca muito apreciada de sua pregação era a afeição que demonstrava em relação a todos, roubando-lhes os corações. Como um uttama-bhagavatta, ele entrava nos recônditos mais profundos dos corações e confirmava, assim, que era o nosso bem-querente eterno. A profundidade de sua afeição é uma realidade tangível para todos que a experimentaram e isto, por si só, sustenta o testemunho subjetivo de que ele era um mensageiro verdadeiro do Senhor Supremo. Como milhares de devotos afirmarão, seu interesse genuíno no bem-estar espiritual de todas as almas se tornava evidente em seu amor e afeição equânimes por todos. Ele não se importava se a pessoa era sua discípula, discípula de outro ou de outra escola filosófica. Sua afeição não conhecia fronteiras.

Aos noventa anos de idade, no dia 29 de dezembro de 2010, às 3h da madrugada, no Cakra Tirtham Sri Jagannatha Puri-dhama, ele concluiu seus passatempos nesse mundo. Esta mesma data era o dia do aparecimento sagrado de seu amado irmão espiritual, nitya-lila pravista om visnupada Sri Srimad Bhaktivedanta Vamana Gosvami Maharaja. No dia seguinte, em Sri Navadvipa-dhama, o mensageiro plenamente capacitado por Sri Gaurasundara, a própria personificação de Sua compaixão única, foi colocado em samadhi. Ele nunca cessará de residir em suas instruções e nos corações daqueles que são devotados a ele. Ele costumava dizer: “Não pensem que irei jamais abandoná-los – não, nunca. Eu estou sempre com vocês.”

Sentindo-nos insignificantes e ansiando pela sua misericórdia, caímos aos seus pés de lótus e oramos para que abençoe nossas tentativas para que possamos sempre ser capazes de prestar algum serviço a ele. Humildemente oferecemos esta edição memorial de Vyasa-puja a ele.

 [1] Sri Sajjana-sevaka e Sri Radhanatha dasa receberam mais tarde os seguintes nomes respectivamente: Sri Bhaktivedanta Vamana Gosvami Maharaja e Sri Bhaktivedanta trivikrama Gosvami Maharaja.

Link permanente para este artigo: http://www.gauravani.com.br/quem-somos/srila-gurudeva/