↑ Voltar para Filosofia

Imprimir Página

Sadhu- sanga – o tesouro

Sadhu-sanga: viver sob a orientação dos santos vaisnavas

sadhanoti sadhayati ca krsna-prema iti sadhu

Sadhu é aquele que conhece a meta (sadhya) e o processo (sadhana) e que pode guiar outras pessoas na prática de sadhana para alcançar Krsna-prema.

samyak rupena anugamanam

Seguir completamente o sadhu, tanto externa quanto internamente, através das atividades e sentimentos, isto é o verdadeiro sanga ou associação com um sadhu.

sadhu-sanga sadhu-sanga sarva-sastre kaya
lava-matra sadhu-sange sarva-siddhi haya 

A conclusão de todas as escrituras reveladas é que mesmo por um momento de associação com o sadhu, um devoto puro, é possível alcançar a perfeição espiritual completa.

satam prasangam mama virya-samvido
bhavanti hrt-karna-rasayanah kathah
taj-josanad asv apavarga-vartmani
sraddha ratir bhaaktir anukramisyati

Na associação dos devotos puros, a recitação e as dicussões das Minhas atividades e passatempos gloriosos se tornam um elixir tanto para o coração como os ouvidos. Por se ouvir e contemplar regularmente estes tópicos, a pessoa rapidamente se torna liberada e livre da ignorância. Então ela alcança progressivamente sraddha (sadhana-bhakti), rati (bhava bhakti) e bhakti (prema-bhakti) por Mim.

suddha-bhakata-carana-renu, bhajana-anukula
bhakata-seva, parama-siddhi, prema-latikara mula

A poeira dos pés de lótus de um devoto puro tem o efeito mais positivo na devoção pelo Senhor. O serviço aos devotos puros é a perfeição mais elevada e a raiz da trepadeira do amor puro por Deus, prema.

 

samsara bhramite kona bhagye keha tare
nadira pravahe yena kastha lage tire
kona bhagye karo samsara ksayonmukha haya
sadhu-sange tabe krsne rati upajaya

Quando a alma (jiva) se torna avesa a Krsna, ela é levada pela corrente de nascimentos e mortes na existência material. Ela perambula sem objetivo por todas as 8.400.000 espécies de vida, sendo queimada pelas misérias triplíces. É extremamente difícil obter lberação desta corrente de samsara, todavia, assim como um pedaço de madeira flutuando na corrente poderosa da existência material pode eventualmente ser levado para a margem, similarmente,  uma jiva pode ter a extrema boa sorte de alcançar abrigo em sadhu-sanga, se libertar da corrente da existência material e, mais uma vez, se tornar estabelecido em sua própria posição constitucional como servo de Krsna.

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.gauravani.com.br/filosofia/sadhu/